Ergonomia no escritório: entenda a importância no trabalho

Ergonomia no escritório: entenda a importância no ambiente de trabalho

Para trazer mais produtividade e eficiência da equipe no seu escritório, a ergonomia é um tópico muito importante e que deve ser considerado.

Sempre colocando em primeiro lugar conforto e bem-estar do seu colaborador, tornar o ambiente de trabalho adaptável à toda a sua equipe evita que a saúde de todos fique prejudicada e garante melhores condições para trabalhar.

Quer saber ainda mais pontos que destacam a importância da ergonomia no escritório?

A equipe Demex Ambientes preparou um guia com dicas de ergonomia para te orientar no projeto da sua empresa e garantir que a sua equipe tenha uma rotina de trabalho de qualidade.

Acompanhe abaixo e boa leitura!
Já pensou em planejar o design do seu escritório? Ainda não faz ideia de por onde começar?

Pensando em ajudar a sua empresa nesse processo, a equipe Demex Ambientes preparou esse guia com as principais informações que você precisa saber sobre esse tema.

Pronto para tirar suas dúvidas? Acompanhe abaixo e boa leitura!

Qual a importância da ergonomia no escritório?

Primeiro, uma explicação rápida sobre o tema, antes de destacarmos a sua importância.

A ergonomia serve para promover mais interação física entre as pessoas e o ambiente de trabalho.

Ela destaca o quanto é essencial adaptar tarefas, ferramentas e recursos ao colaborador, e não o contrário.

A ergonomia no escritório é importante, principalmente, para garantir um ambiente humanizado e acolhedor à sua equipe.

Afinal de contas, a jornada de trabalho diária é exaustiva – imagina ficar quase oito horas por dia sentado em uma mesma posição de maneira desconfortável?

Além disso, a ergonomia se mostra essencial também para:

aumentar a produtividade;
reduzir erros e repetições desnecessárias;
prevenir possíveis acidentes e lesões;
melhorar a qualidade de vida dos seus funcionários;
diminuir doenças ocupacionais, como LER;
reduzir custos na sua empresa.

Ninguém gosta de trabalhar em um local que oferece riscos. Investir na ergonomia no escritório auxilia também na fidelização da sua equipe e valoriza a sua empresa.

Como a falta de ergonomia prejudica os funcionários?

Interferindo diretamente no bem-estar e desempenho do seu time, a ausência de ergonomia no escritório traz terríveis consequências para os seus funcionários.

Listamos alguns exemplos abaixo; confira:

Dores musculares

Postura inadequada, desconfortos quanto ao esforço físico e a realização de movimentos repetitivos são grandes causadores de dores musculares.

Na maioria dos casos, esses problemas de saúde são derivados de ambientes de trabalho pouco ou nada ergonômicos e que prejudicam o colaborador.

Com o passar do tempo, dores musculares podem ocasionar sérias condições clínicas, como:

dores crônicas na região lombar;
enxaquecas ou fortes dores de cabeça.
tendinites ou LER (Lesão por Esforço Repetitivo);

O caso mais comum, a má postura, é consequência de um trabalho estático e que demanda muitas horas na mesma posição.

Essas e outras formas de dores musculares tornam a rotina de trabalho desgastante e oferecem sérios riscos a longo prazo.

Queda na produtividade

A ergonomia no escritório também impacta diretamente a produtividade do seu grupo de colaboradores.

Um ambiente de trabalho desconfortável, que não investe na segurança e não trata do bem-estar dos colaboradores certamente não influencia de maneira benéfica a produtividade.

Ainda na queda da produtividade, uma gestão que não aplica soluções ergonômicas ainda tem que lidar com questões como:

menos eficiência no cumprimento das tarefas;
funcionários menos motivados e comprometidos;
clima organizacional desconfortável;
altos níveis de absenteísmo e afastamentos.

Ter a sua equipe sempre próxima e engajada nas atividades do escritório depende, também, da aplicação da ergonomia.

Problemas de concentração

Outro ponto de destaque quando o assunto é a ergonomia no escritório.

Um colaborador focado é sempre um colaborador produtivo e, para manter o foco, é essencial que sejam adotadas medidas que tornam o ambiente de trabalho favorável a isso.

Problemas de concentração podem ser relacionados a um ambiente que não compreende o bem-estar, além de contar com outros desconfortos, como:

jornadas de trabalho prolongadas e exaustivas;
atividades realizadas de maneira monótona e repetitiva;
um controle muito rígido da produtividade.

Práticas ergonômicas eficazes na sua empresa garantem um clima organizacional mais sadio e torna seu time mais focado e, consequentemente, com maior rentabilidade.

Como promover a ergonomia no trabalho?

Depois de saber o que a falta de ergonomia pode acarretar na rotina do seu escritório, é importante conhecer práticas que tornam essa realidade diferente.

Confira aqui algumas dicas de como aplicar a ergonomia no escritório:

1- Boa iluminação

Sabemos que a iluminação é um fator com alto poder de influência nos hábitos humanos.

No escritório, evite um projeto de iluminação que deixe o ambiente escuro ou sóbrio.

A escolha mais assertiva é buscar por uma iluminação natural que dure todo o período do expediente ou, pelo menos, parte dele.

Com isso, você garante a produtividade do seu time e ainda evita que seus colaboradores possam desenvolver algum tipo de doença oftalmológica.

2- Superfícies adequadas

Contar com mesas e balcões de trabalho que sejam adequados para a altura média da sua equipe é um detalhe importante a se atentar no quesito ergonomia.

As mesas de trabalho devem contar com cerca de 72 a 75 centímetros de altura. O certo é que a pessoa sempre fique com os pés apoiados no chão.

A mesa que recebe um computador também deve contar com espaço suficiente para mouse e teclado.

A borda da mesa deve ser arredondada para evitar a compressão do punho e permitir mais conforto para o colaborador.

Se possível, é interessante investir em acabamentos de superfícies que possam reduzir ruídos, como tapetes e carpetes. Pisos de madeira também são uma boa opção.

3- Cadeiras ergonômicas

Um dos pontos mais importantes da ergonomia no escritório é o investimento em cadeiras confortáveis e que não prejudiquem a postura do colaborador.

As cadeiras mais indicadas devem ter angulação de 105°, além de ter ajustes de encosto, altura e apoio de braço.

Como as pessoas que trabalham em escritórios passam a maior parte do seu dia sentadas, oferecer uma cadeira para trabalho que seja recomendada por especialistas é a melhor forma de oferecer qualidade de vida para o seu colaborador, principalmente a longo prazo.

4- Apoio para os pés

Os pés de alguém que trabalha sentado à uma mesa e de frente para o computador não devem ficar balançando, sendo sempre apoiados à superfície do chão.

Um apoio para os pés pode ser uma opção para pessoas de biotipo mais baixo e que não conseguem alcançar o chão de maneira confortável.

5- Ginástica laboral

Investir em um momento de ginástica laboral pode ser muito benéfico para a sua equipe.

Funciona com uma série de exercícios, que não precisa ser longa, melhorando a postura e a capacidade muscular.

É super indicado que esses exercícios sejam feitos em grupo, promovendo a interação da equipe.

Conclusão

Mais do que apenas um requisito a ser cumprido, a ergonomia no escritório é mostrar preocupação com o bem-estar e saúde dos seus colaboradores.

Seguir algumas dicas para a implementação de práticas como as listadas aqui são essenciais para um ambiente de trabalho mais produtivo e saudável.

313174400